quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Desejos de Natal :: Christmas Wishes

Desejo a todos um Santo e Feliz Natal. 

I wish you all a Merry Christmas.



Pode seguir Sofias's Whispers através:
You can follow Sofias's Whispers on: 

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Na minha mesa de natal II :: Ideia para prenda de natal


Eis a ideia concretizada de que vos falei aqui.

Nos últimos anos tenho oferecido o bolo inglês como presente de natal  (que eu pessoalmente, prefiro ao típico bolo rei) - e cada vez acho mais graça à ideia, pois tenho a certeza que desta forma estarei sentada à mesa dos meus amigos na noite mais longa do ano.

Quem me acompanha há mais tempo, sabe que as minhas prendas de natal são sempre que possível home (and heart) made. 
Foi a forma mais confortável que encontrei de levar um pouco de mim às pessoas que me são mais queridas sem entrar no consumismo descontrolado da época. Afinal a ideia não é concorrer para ver quem dá a prenda mais cara (e portanto "gosta mais de nós") mas sim fechar o ano agraciando (no sentido de gratidão) aqueles que fazem parte do nosso universo um ano inteiro.

Espero que gostem da ideia.

F E L I Z  N A T A L!!!

Mais ideias para presentes de natal: 

(Receita da tia L) 

Ingredientes:

- 300 gr açúcar, 
- 175 gr de manteiga, 
- 400 gr de farinha, 
- 5 ovos, 
- 1 c. sopa de fermento, 
- 1 cálice de vinho do Porto, 
- 200 gr de frutos secos e cristalizados 

Preparação:

Batem-se o açúcar e a manteiga até obter uma massa esbranquiçada e cremosa. Adicionam-se os ovos inteiros, batendo entre cada adição. Junta-se a farinha com o fermento e por fim o vinho do Porto e os frutos secos e cristalizados (envolvidos em farinha para não se concentrarem todos no fundo). Colocar na forma previamente barrada com manteiga e farinha e levar ao forno a 180ºC durante  mais ou menos 50mins.


Pode seguir Sofias's Whispers através:
You can follow Sofias's Whispers on: 

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Uma questão de educação II

Se eu pedir delicadamente ao meu filho que apanhe o casaco que está no chão e o coloque em cima da cadeira e ele disser entusiasmado "ok, é para já mamã!" e sem mais, correr a executar o meu pedido, um observador externo ao assistir à sua prontidão, é capaz de se surpreender positivamente e pensar:  "olha que menino tão bem educado".

No entanto se o meu filho me pedir por exemplo:"mãe põe os meus monequinhos, se faz xavor" e eu largar o que estiver a fazer e lhe disser: "ok, é para já filhinho!", esse mesmo observador externo ajuizará tendencialmente: "este miúdo é um grande mimado, fazem tudo aquilo que ele pede".

Verdade ou mentira?

Quando é que a consciência global percebe que a criança aprende essencialmente com o nosso exemplo?
Que empatia teria ele afinal pelas minhas necessidades, se eu não mostrasse igualmente empatia pelas dele?

Quando a nossa resposta aos seus pedidos tem que ser negativa, não aceitarão melhor eles uma alternativa como:
Eu imagino o quanto tu deves estar ansioso por ver o episódio dos teus desenhos animados preferidos, mas sabes o que eu gostava mesmo que tu fizesses agora? Que me ajudasses a colocar estas roupas no lugar e a fazer o jantar, o que te parece? 
Do que um:
Já viste muitos desenhos animados hoje, já chega! Faz outra coisa qualquer. 
?...

Fonte

Pode seguir Sofias's Whispers através:
You can follow Sofias's Whispers on: 

Decorações de Natal simples e handmade

A nossa árvore de natal ficou mais aconchegadinha com os novos enfeites que lhe fiz ontem à noite.

Ano após ano procuro trazer algo de novo, handmade e portanto significativo.
Gosto de olhar para ela e pensar que cada ornamento tem uma história que me aquece o coração.

Para cada bola de papel usei: 

- 4 círculos de papel (vários padrões e texturas) com 10cm de diâmetro,
- cola em stick UHU,
- 40cm de fio.

Dobrei os círculos em dois e colei todos os lados.
Antes de colar o último lado, coloquei no meio o fio para pendurar a bola de papel na árvore, também ele dobrado em dois com um nó na ponta.
Ainda coloquei sininhos e mini bolas em cada ornamento, mas era perfeitamente dispensável.

Simples assim! E não há criança nenhuma que não adore participar nesta tarefa.



Depois disto fiquei ainda com a sensação de que faltava alguma coisa, faltava trazer elementos naturais para a nossa árvore, por isso prendi um fio à volta de algumas pinhas et voilà outra forma bem simples de a ornamentar - acho que para o ano vou encontrar mais algumas pinhas e pinta-las de branco para contrastar e cortar um pouco com os vermelhos e os dourados. 


F E L I Z  N A T A L!!!

Pode seguir Sofias's Whispers através:
You can follow Sofias's Whispers on: 

domingo, 13 de dezembro de 2015

Na minha mesa de Natal I



As minhas memórias de infância têm sempre o cheiro de dois bolos a sair do forno da avó C, pelas mãos da Tia L, um deles é o famoso bolo de maçã. 
(Priminhos, quem não se lembra dele?)

À receita original da tia L, adicionei mais 3 ingredientes: canela, nozes e vinho do Porto. E assim transformei um bolo extraordinário num bolo ainda mais reconfortante para esta época do ano.

Já vos ocorreu oferecer um bolo natalício aos vossos amigos como prenda de Natal? Num dos meus próximos posts vou concretizar melhor essa ideia. 

F E L I Z  N A T A L!!! 
(E memórias muito doces!)


Ingredientes:

- 200gr de açúcar
- 200gr de manteiga amolecida
- 4 ovos
- 1 cálice de vinho do Porto
- 1 c. sopa de canela
- 200gr de farinha com fermento, 
- 50gr de nozes grossamente partidas
- 3 maças cortadas em meia lua de cerca de 3 cm
- manteiga qb para untar a forma (eu uso azeite em vez de manteiga)
- farinha qb para polvilhar a forma

Preparação:

Ligar o forno a 180ºC. 
Untar a forma e polvilhar com farinha. Reservar.
Bater a o açúcar com a manteiga até obter uma massa cremosa. Adicionar os ovos, um a um, batendo entre cada adição, incorporar o cálice de vinho do Porto. 
Misturar a canela e as nozes na farinha, envolver lentamente, de fora para dentro na mistura anterior. 
Verter a massa na forma e preencher com as maças. 
Levar ao forno durante cerca de 45 mins. Não o deixem cozer muito, para a melhor das experiências.


Pode seguir Sofias's Whispers através:
You can follow Sofias's Whispers on: 

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Uma questão de educação I



Sábado de manhã:

Um avô aparece com a neta de 20 meses no parque infantil, a menina muito entusiasmada, quer descer o escorrega desenfreadamente, tropeçando quase em cima dos outros meninos. 

- Ei, miúda de um raio! Então mas eu já não te disse que tens que esperar que o menino saia para tu desceres? 

- Oh deixe lá a menina! Foi sem querer não foi querida? Olha vamos fazer antes assim, dá cá a tua mãozinha.

- Não. Não. Vamos já embora. Eu estou farto de lhe dizer como é, mas isto minha senhora? Isto é teimosa!...

(A menina chora, tinha acabado de chegar e estava cheia de expectativas).

- Não vale a pena chorares, as meninas que são más não podem vir ao parque. Vamos já embora na minha frente.

(A menina corre em círculos, e chora ao mesmo tempo... e o avó cada vez mais desconcertado por falta de obediência da menina e preocupado com o que as pessoas pudessem pensar).

- Acabou-se o parque, não te trago mais aqui, miúda teimosa, é sempre a mesma coisa! Trago-te ao parque e depois portas-te mal.
bla bla bla, bla bla bla..

***

O meu coração fica tão apertadinho quando assisto a estas cenas... Isto soa-me tanto a violência...

Efectivamente uma menina de 20 meses não saberá muito bem quais as regras pela qual a sociedade em que se insere se rege, mas a única coisa de que ela precisa é que os adultos a guiem e lhe ensinem como deve proceder neste mundo ao qual veio parar, e no qual está a aprender a viver, mostrando-lhe essencialmente respeito e carinho durante o processo de aprendizagem, e não agindo como se ela já tivesse que ter nascido com o ship programado, catalogando-a à partida como uma pessoa má.

Provavelmente este comportamento recorrente da menina já se deve ao facto de saber que vem ao parque por períodos tão curtos de tempo, que o melhor é aproveitar, literalmente ao máximo, antes que alguém se lembre de dizer que ela fez alguma coisa de errado...

Nesta minha caminhada pela maternidade, assisto quase todos os dias a episódios como este, umas vezes mais intensos, outros menos, mas dolorosos de se ver, fico sinceramente chocada com a forma de educar em Portugal e percebo que o problema de um país, pode muito bem começar aquando dos primeiros passos...


Pode seguir Sofias's Whispers através:
You can follow Sofias's Whispers on: 

sábado, 5 de dezembro de 2015

Um pequeno gesto faz toda a diferença

Conheci a Luna ontem de manhã, através do post do Mário Augusto, que num feliz acaso (daqueles que, digo eu, não têm mesmo explicação) se cruzou com ela e com os seus desesperados pais, numa viagem de trabalho a Londres. 
A compaixão que sentiu por aquela família e o seu desabafo sincero contagiaram já mais de 61.000 seguidores no FB. Incluindo eu. 

Poderia começar por dizer que não imagino o que estarão a sentir os pais da Luna, vendo a vida da filha a escorrer-lhes pelas mãos, mas na verdade sei exactamente aquilo que eles estão a sentir... Vi a vida do meu próprio filho escorrer pelas minhas, e posso garantir que nada se equipara a essa experiência... 
É por isso muito difícil para mim ficar indiferente a este tipo de apelos...

Tal como diz o Mário Augusto:
O dinheiro se não é bem usado não passa de um monte de papel colorido que nem para guardanapo serve porque não é absorvente, pior, é repelente. Higiénico também não é...nem serve porque se diz por aí que o dinheiro é um dos grande meios de transporte das bactérias que nos fazem mal. Dá jeito ter na conta certa para não nos seduzir em demasia, ofuscar na opulência. Deixem que evoque o senhor dos anéis, o dinheiro é aquele anel porque todos lutam em que um dos inocentes acaba por ser o guardião do anel que todos perseguem.
O que separa a Luna de um último tratamento são 350 mil euros. Que não seja o dinheiro a separar esta família!
Eu já fiz a minha parte e fiquei desesperada por não saber o que fazer mais para ajudar esta família.
Depois lembrei-me que escrevo aqui, e que partilhar a Luna através deste meu humilde cantinho era algo simples de se fazer.
Não deixem de ajudar, cada um dá o que pode. 1 Euro pode parecer pouco, mas a multiplicar por muitos faz muito. 
Troque a raspadinha desta semana, poderá ficar rico na seguinte. Troque o seu café, a dor de cabeça hoje não vai aparecer. Fume menos 3 cigarros, não vai ficar mais irritado por isso. Não vá jantar fora esta semana, a próxima também será perfeita para isso. Aquele concerto a que quer muito ir, poderá acontecer um mês ou dois mais tarde. Aquele par de sapatos que anda a namorar há umas semanas, não só continuará na montra, como ainda o poderá adquirir mais barato daqui a uns dias.

Todos pela Luna!!!

NIB: 0018 0003 2281 2465 0202 3
IBAN: PT 50001800032281246502023
SWIFT/BIC:TOTAPTPL
Benef.: Adriano José Viana Moreira

Quero muito ver o teu sorriso querida Luna. ❤️

Fonte

Pode seguir Sofias's Whispers através:
You can follow Sofias's Whispers on: 


terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Calendário do Advento em 3 passos :: Advent Calendar in 3 easy steps

Como fazer um calendário do advento em 3 passos:

1 - Ir à loja IKEA mais perto de si e comprar estes saquinhos;
2 - colar os saquinhos numerados, numa superfície da vossa preferência;
3 - colocar guloseimas dentro de cada saquinho.

Aqui em casa, fizemos o nosso no roupeiro da entrada.
O Salvador ajudou em todo o processo, inicialmente dando-me os sacos com a cor que eu lhe pedia e depois colocando a numeração - tarefa, por um lado didática e por outro de agradável partilha.

Coloquei um M&M em alguns sacos, noutros coloquei mensagens amorosas, e noutros pequenos brinquedos de que ele já não se lembra (acho eu).

Todas as manhãs existe portanto, uma feliz razão para acordar.

F E L I Z  N A T A L!!!
(A contagem decrescente já começou).

*****************************

How to Make an advent calendar in 3 easy steps:

1 - Go to the nearest IKEA store and buy these bags;
2 - stick the numbered bags in an area of your choice;
3 - place the sweets in each bag.

We sticked our advent calendar in our entry hall, on the wardrobe door.
Salvador participated in all the process, initially handing the bags with the color I asked him for, and then numbering the bags - a didactic task on one hand and a wonderful sharing moment on the other.

In some bags I placed 1 M&M, in others loving messages and in some others a small toy, that he no longer remembers (I think).

So there is a happy reason to wake up every morning.

M E R R Y  C H R I S T M A S!!!
(Countdown has just begone).



Pode seguir Sofias's Whispers através:
You can follow Sofias's Whispers on: 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...